União de freguesias
de Pataias e Martingança

Notícias

10-08-2020

Coreto do Largo Joaquim Matias em causa na sequência de obras

Ainda está em estudo o futuro do coreto do Largo Comendador Joaquim Matias, em Pataias, na sequência das obras de requalificação da Avenida Rainha Santa Isabel. 'Não está definido se é para manter ou para eliminar', confirmou ao REGIÃO DE CISTER Dário Moleiro, do executivo da União de Freguesias de Pataias e Martingança (UFPM). Na verdade, a estrutura, erguida há três décadas, tem pouca ou nenhuma utilização. O coreto atual foi ali colocado depois de demolido o anterior, que remontava ao início do século XX. A demolição levada a cabo há 30 anos, em março de 1990, causou grande polémica na vila, tendo vários populares manifestado o seu descontentamento amarrando-se à estrutura, de acordo com notícia publicada, com destaque de primeira página, no extinto Jornal de Pataias. Apesar dos protestos, o coreto foi mesmo demolido e, no seu lugar, erguido o atual coreto sem as características originais e de utilização ocasional. Dada a sua pequena dimensão, o coreto não é aproveitado sequer pelos músicos da Sociedade Filarmónica e Recreativa Pataiense. A estrutura encontra-se situada no centro do jardim e Largo Comendador Joaquim Matias, pelo que 'quebra' a fruição da praça, defendem os autarcas da Junta, que deverão tomar uma posição nas próximas semanas. No mesmo largo, certo é que vai ser retirado o quiosque e as casas de banho públicas, que se encontram num edifício à parte, e será erguido um novo quiosque com sanitários incorporados. Garantida está também a manutenção da estátua do antigo pároco da freguesia, Franklin Henriques da Cunha, apesar de vários protestos nas redes sociais, de cidadãos que defendem que a estátua deverá ser colocada no largo da igreja, a escassos metros da localização atual. 'A estátua do padre encontra-se na praça Comendador Joaquim Matias, que foi o maior benemérito que Pataias conheceu. Se alguém devia ter uma estátua nesse espaço era ele e não o padre. O padre pertence à igreja, portanto o seu lugar é no espaço da igreja', defende o pataiense Helder Oliveira. O padre homenageado no jardim, através da estátua de corpo inteiro colocada em janeiro de 1989, chegou a Pataias em janeiro de 1945 e ali se manteve até 1963. São atribuídas ao pároco várias obras na freguesia, nomeadamente a construção da atual igreja de Pataias. Liderou a comissão para a criação da estação regional dos correios e foi diretor e editor do extinto jornal Voz da Paróquia, sendo-lhe atribuídas diversas investigações que contribuíram para o conhecimento da história local. Faleceu em agosto de 1974. As obras na principal artéria de Pataias encontram-se na reta final, depois de ter sido concluída a nova rotunda - na interseção com a Avenida da Lagoa -, lugares de estacionamento, passeios e alcatroamentos em praticamente toda a extensão da via. De acordo o vereador das Obras Municipais, Hermínio Rodrigues, os trabalhos da empreitada principal deverão ficar concluídos até final deste mês. A requalificação do jardim insere-se numa empreitada distinta e ainda não tem data prevista de conclusão. In: Região de Cister

Eventos

Sem conteúdo.
Aplicação que visa a publicitação de notícias e eventos, divulgação de informações e promoção turística e cultural. O conjunto de funcionalidades brevemente disponibilizadas permitirá à freguesia comunicar e receber feedback direto da população através da disponibilização de alguns serviços. Principais funcionalidades: · Consulta de informações locais; · Agenda cultural; · Consulta de notícias; · Notificações; . Informações meteorológicas; . Envio de Sugestões; · Envio de Ocorrências.

Mapa

A carregar...